terça-feira, 12 de abril de 2011

SIM, SENHOR!

A melhor maneira de evitar os danos permanentes do pecado é viver uma vida de obediência a Deus. (Jennifer Schuldt)

A minha mãe, assim como a maioria das mães, tinha uma maneira muito sábia de me educar. Quando eu a questionava do porque não poder fazer alguma coisa, ela simplesmente dizia: Porque não! E eu falava: ahhh, mas isso não é resposta e prontamente ela respondia: Então a resposta é não, porque EU (e era bem enfática nessa hora) estou mandando! Por mais que eu saísse bufando ou de cara feia, para mim era argumento suficiente para não fazer o que estava em meus planos. Ainda que eu não concordasse com ela, ou quisesse fazer as minhas vontades de menina mimada, eu acatava a ordem dos meus pais e hoje, muitos anos depois eu posso ver a bem que aqueles NÃOS me fazem.

A Bíblia diz em João 14:15, 23 “Se me amardes, guardareis os meus mandamentos. … Respondeu-lhe Jesus: Se alguém me amar, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos a ele, e faremos nele morada.”

O grande principio da palavra de Deus é a obediência. Jesus foi o maior exemplo de obediência que podemos ter. Ele se submeteu 100% à vontade de Deus, abrindo mão da sua glória, do seu reino por amos a nós. Jesus foi obediente até o fim e por conseqüência disso, aquilo que seria o fim se tornou em vitória e regozijo. Jesus deixou de ser imortal para ser mortal, deixou de ser Senhor para ser servo e ainda mais, suportou a dor e a morte só pra obedecer a Deus. Se fôssemos Deus( e ufa, ainda bem que não somos) iríamos querer filhos e servos iguaiszinhos a Jesus. Alguem que não retruque, que não argumente, que não coloque “mas Senhor...”.

Está escrito em Lucas 22:42: “ Pai, se queres afasta de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua” Esse é sem dúvida o maior exemplo de obediência de Jesus que abriu mão da sua própria vontade em nome da vontade de Deus.

Em Deuteronômio 28:1 diz: “Se ouvires atentamente a voz do Senhor teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o Senhor teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra;”

Havia em certa região uma família de elefantes. E dentre eles havia um filhote de elefante muito brincalhão. Por diversas vezes fora advertido pelos pais para que não se dispersasse da presença deles, pois, certamente ficando só correria perigo. Certa ocasião, o pequeno elefante, resolveu pregar uma peça em seus pais. Enquanto caminhavam em busca de alimento, ele resolveu esconder-se atrás de uma pedra. Passado um bom tempo, a mãe notou a sua ausência e voltou para procurá-lo, mas ele adormecera atrás da pedra e a mãe não o encontrou. Passando por ali alguns caçadores, o apanharam e o levaram para um circo.

Em lá chegando, amarram-no pelos pés a uma corrente e o prenderam a um tronco. Quando tentou fugir, percebeu que não tinha forças para arrebentar a corrente. Como fosse crescendo, a cada vez, as correntes se tornavam mais grossas e os troncos mais fortes, de sorte que se tornara adulto e ainda continuava preso. Depois de muitas tentativas de fuga, sem qualquer êxito, ele desistira de tentar. Então o seu treinador, apercebendo-se disso, para que tornasse seu treinamento mais adequado, pois as correntes atrapalhavam, amarrou-lhe uma corda fina e o prendeu em uma pequena estaca. Todavia, o elefante, ainda tinha em mente, a grossa corrente e o forte tronco que sempre o prendera. Ele olhava para a corda, mas via a corrente.

A desobediência nos aprisiona. Ficamos escravos do mal comportamento. O Senhor não nos quer presos! Ele quer nos exaltar, exatamente como fez com Jesus. Precisamos guardar TODOS os Seus mandamentos e não somente aqueles que nos convém.

Que possamos por amor ser obedientes a Deus todos os dias!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...