sábado, 5 de março de 2011


Além do nosso umbigo.

“Depois que Jó orou por seus amigos, o Senhor o tornou novamente próspero e lhe deu em dobro tudo o que tinha antes.” Jó 42.10

O que acontece quando conseguimos enxergar além do nosso umbigo? É interessante ver a maneira como Deus opera em nossas vidas. Temos como exemplo a vida de Jó. Ele sofreu grandes perdas. Na verdade perdeu tudo o que mais estimava, família, posses, saúde e não só isso; ele estava cercado de amigos que não o ajudavam muito. Jó suportou todas as perdas e aprendeu com Eliú a ter verdadeira fé em Deus e a ter uma atitude mais humilde.

No último capítulo do livro a palavra nos diz que “Deus virou o cativeiro de Jó”, no momento em que ele orava por seus amigos. Jó poderia continuar pedindo coisas para si, bênçãos, restauração, restituição, justiça, mas não! Ele entendeu que Deus tudo pode e que nenhum dos Seus pensamentos podem ser impedidos( v.2). A partir daí, dessa experiência de não somente ouvir falar de Deus e sim conhecer a Deus, Jó pôde enxergar além de seus próprios problemas.

Quando oramos há uma tendência natural de enxergarmos a nós mesmos o tempo todo. A oração de petição é a primeira que vem à nossa mente. Passamos pouco tempo agradecendo a Deus ou adorando e reconhecendo a Sua santidade, Seu poder... nos lembramos de pedir, pedir e pedir. E mais que isso, pedimos muito e pedimos mal para gastarmos em nosso próprio prazer.

"Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres" (Tiago 4:3)

Jó deixou de lado suas fragilidades e se fortaleceu em Deus para não só pedir bênçãos para si, mas para seus amigos. Quando foi a última vez que você orou, intercedeu por alguém? Quando foi a última vez que você clamou a Deus pela vida de alguém? Está na hora de olharmos em volta e perceber as pessoas que nos cercam. Nossos vizinhos, nossos amigos, nossos parentes, até aqueles que nos perseguem e nos odeiam. Muitas vezes não sabemos que Deus responde nossas orações com tanta sabedoria, que nem percebemos que o mundo ao nosso redor mudou. Tudo porque Deus nos ama.

"Sendo os caminhos do homem agradáveis ao SENHOR, até a seus inimigos faz que tenham paz com ele." Provérbios 16:7

Ao intercedermos por alguém, Deus permite que sejamos usados como canal de bênçãos. Passamos a perceber que alguns problemas que consideramos sem solução, não passam de uma grande dificuldade que temos. Quando nos compadecemos de alguém e intercedemos por essa pessoa nos tornamos mais parecidos com Jesus.

“Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem” (Lucas 23.34). Será que um dia no auge do nosso sofrimento (da crucificação) poderemos olhar em volta e pedir a Deus por aqueles que nos cercam, sejam amigos ou inimigos?
Que o Senhor possa colocar em nossos corações o desejo de interceder verdadeiramente pelo nosso próximo, pelos cristãos perseguidos no mundo, pelas vítimas das tragédias, pelos doentes nos hospitais, pelos encarcerados,que possamos não só olhar para baixo, para o nosso umbigo, mas que possamos olhar para o alto de onde vem o socorro de TODOS!

A paz!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...