quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011


"Como suspira a corça pelas correntes das águas, assim, por ti, ó Deus, suspira a minha alma. A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo" (Salmo 42:1,2).

Você sabia que quando sentimos sede nosso corpo já está em processo de hipohidratação? Isso quer dizer que quando você sente sede, você já está levemente desidratado. È o seu corpo avisando que precisa de água, que precisa daquilo que é essencial ao seu desempenho. Confesso que preciso me lembrar de beber água, e quando sinto sede as vezes não bebo água e sim suco ou refrigerante. Não é o correto, pois meu corpo não precisa de suco ou refrigerante. Ele precisa de algo mais puro, que ao longo do dia eu perdi.

A nossa alma tem sede de Deus. E sabe quando nos lembramos disso? Quando sentimos falta... quando precisamos. São nos momentos difíceis que lembramos que precisamos “beber” da fonte de água viva ou morreremos. Quando estamos bem podemos desenvolver uma profunda fé em Deus e gratidão por suas bênçãos. Esquecemos que precisamos dessa água diariamente.

“Aquele que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede” (Jo.4:14). A única maneira de saciar a nossa sede espiritual é em Jesus e com Jesus. Se cremos nas promessas que a palavra de Deus nos revela, temos que crer nessa também. Jesus é o refrigério que tanto precisamos. Alguns dizem que quando nos convertemos não temos mais sede, pois o Espírito habita em nós. Eu discordo. Na sede física, nós perdemos líquidos através da urina e do suor e precisamos repor, na sede espiritual acontece o mesmo. Nos enchemos de Deus, mas nada nos garante que permaneceremos cheios. Talvez, se você não sente sede Deus, você pode estar bebendo o “líquido” errado, assim como eu que substituo a água pelo suco ou pela coca zero.

Infelizmente, somente lembramos que precisamos beber água quando estamos no deserto, com muita sede. E o mais triste é que nos contentamos com coisas erradas. Somente Jesus pode diariamente “matar” a nossa sede. A busca por Deus, o querer mais de Deus, mais de Jesus e do Espírito Santo deve ser constante em nossa vida. Que nossa alma nunca se esqueça e sempre anseie, cada vez mais, pelo Deus vivo! A nossa alma anseia por Cristo, porque desde a criação nós possuímos um vinculo com Deus.

Toda criatura de Deus sente essa falta. Já nascemos com esse buraco. Somos sim, seres insaciáveis. Se nesse momento você está sentindo sede de Deus, eu te digo algumas coisas: 1- Não se contente com “sucos ou refrigerantes”.
2- Jesus é a fonte de água Viva. E essa fonte nunca secará.
3- Louvado seja o nome do Senhor pela sua vida, pois se você sente sede de Deus, você reconhece que tem total dependência dele.
4- Mostre as outras pessoas o caminho dessa fonte.

Graças a Deus pela água da vida que inundou nossas vidas. Em Jesus temos um manancial de águas onde podemos nos abastecer de graça e TODOS OS DIAS!
Aprenda de Davi! Todo o salmo é dirigido a Deus. Davi não pede proteção, nem vitória; pede somente uma coisa — Deus mesmo, para satisfazer sua alma, como as águas satisfazem a sede em uma terra árida e exausta. “Ó Deus, tu és o meu Deus forte; eu te busco ansiosamente; a minha alma tem sede de ti; meu corpo te almeja, como terra árida, exausta, sem água” (Salmo 63:1).

Peça Deus, clame por Ele, peça para ser cheio(a) do Seu Espírito. E certamente Ele te responderá!

Shalom

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...