quinta-feira, 6 de janeiro de 2011


MURALHAS

O Salmo 18 foi escrito pelo rei Davi. Um grande rei de Israel. É um salmo de louvor a Deus por proteção, vitória e direção. Realmente é um belo salmo. Neste Salmo Davi nos diz que Deus ouviu e respondeu a sua oração. No versículo 29 Deus dá a Davi forças para superar os inimigos e os obstáculos e ele diz: “... com meu Deus eu salto muralhas”

Gostaria que você analisasse essa afirmação. O rei Davi era totalmente dependente de Deus, e ele reconheceu isso ao dizer “com meu Deus”. Ele sabia que somente o Senhor Deus o capacitaria a saltar as muralhas (não uma muralha e sim algumas). O que são essas muralhas? Muralhas são muros ou paredes de grande espessura e altura. Também significa motivo de separação, defesa, incompatibilidade, obstáculo.

Durante a nossa vida, vamos encontrar situações que precisaremos construir muralhas ou derrubar muralhas. Precisaremos construir muralhas para nos separar do mundo, para nos proteger dos ataques do inimigo. Deus nos ajuda nessa construção! À medida que nos posicionamos e o buscamos em oração e leitura da palavra, Ele vai acrescentando tijolinhos de amor no nosso muro.

Precisaremos derrubar as nossas muralhas imaginárias. Aquelas que foram construídas na nossa mente e no nosso coração por nós mesmos. Muralhas que não são de proteção e sim que geram frieza, desânimo, falta de esperança e de fé. Muralhas que ao longo da vida construímos. Alguns dizem que com as pedras que nos jogam constroem um castelo. Eu discordo. Acho que constroem muralhas na nossa alma e nas nossas emoções. Ficamos “calejados” e nos tornamos completamente diferente daquilo que Deus espera de nós.

Quando Deus falou com Josué, Deus prometeu que ele entraria na terra que o Senhor haveria de dar. E as promessas não pararam por aí. Deus garantiu que ninguém resistiria a Josué e que Ele nunca o desampararia. O que Deus pediu foi que Josué tivesse força e bom ânimo. Muito bem, quando Josué chegou a Jericó o que encontrou? Uma grande muralha que o separava da promessa de Deus. Jericó estava completamente fortificada. A posse da promessa parecia impossível de acontecer. Não imagino o que Josué pensou, mas eu sei o que ele fez. Debaixo de uma direção de Deus e na força do Senhor o obstáculo caiu e eles foram vencedores.

Você tem muralhas que o impedem de alcançar o que Deus tem para você? Só você sabe a altura e espessura dela. Mas eu te digo que você COM DEUS, você pode saltá-las. Esteja em comunhão com o Pai. Ouça a sua instrução. Confie nas provisões de Deus. Ele nunca te abandonará no meio da sua caminhada.

Quando você se deparar com essa muralha gigante lembre-se que diante de Deus ela não passa de um murinho bem pequeno. Não se esqueça disso!

3 comentários:

Cris Ágape disse...

PAZ AMADA...visitando alguns blogs, cheguei até ao seu, muito abençoado seu espaço, como Josué temos que conquistar nossos sonhos, temos que derrubar as muralhas que se erguem diante de nós, já estou te seguindo, se desejar faça uma visita aos meus espaços...te desejo um ano cheio de vitórias fica com DEUS.

Vera Mota disse...

Lindo texto Renata!
"Hoje mesmo, vi esta mensagem que tmb discordo. " Com as pedras que nos jogam constroem um castelo".
Não quero construir castelo nenhum c pedras que me jogam. Quero sim, uma muralha gigantesca de proteção que o só o Senhor pode nos oferecer.
PARABÉNS!

Marcelo Targon disse...

paz
bom dia
nós mesmos que colocamos essas barreiras, são nossos olhos humanos que nos fazem ver tamanhos e alturas que não existem, para aquele que serve ao SENHOR !
Bom texto
Deus abençoe
Marcelo
www.marceloibl.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...