quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

SOMOS O SAL DA TERRA!
Mateus 5:13 – “Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens.”

Eu tenho um paladar muito mais voltado para as coisas salgadas que doces! Uma comida sem sal realmente não tem sabor algum. Mas, se colocarmos uma pitadinha de sal, muda completamente o sabor do alimento. Parece que o sal traz vida à comida. Sal de menos desvaloriza a comida e sal demais a torna insuportável.

Jesus nos compara ao sal. Se não houver finalidade, pode ser jogado fora. Mas pense comigo, o sal dentro do saleiro também não é nada útil. O sal só tem finalidade fora do saleiro, onde ele pode fazer a diferença, onde ele pode temperar. Assim somos nós. Ser cristão dentro de nossas igrejas é fácil. O desafio é sermos sal no meio da multidão, sermos sal da terra. Nosso maior desafio é fazer a diferença. Não podemos ser demais, do tipo que afasta as pessoas do evangelho, nem de menos a ponto de nos calarmos ou nos excluirmos das situações. Devemos temperar o mundo com a palavra de Deus.


Durante muito tempo o sal foi chamado de ouro branco, devido ao seu grande valor. Os Gregos e Romanos, utilizavam o sal como moeda para suas compras e vendas e com este condimento os romanos eram pagos, por isso surgiu a palavra salário que deriva de sal. Foi também considerado um artigo de luxo e só os mais ricos tinham acesso a ele. Quando Jesus nos compara ao sal, ele não só está nos dizendo que temos uma finalidade na terra, mas também nos diz que temos um grande valor para Ele. E reparem numa coisa: Jesus não nos diz que devemos ser sal, Ele nos diz que SOMOS sal. Devemos ter atitudes que façam diferença em nosso meio. Pessoas tem andado por aí com vidas completamente sem sabor, sem esperança, sem direção. Nós podemos e devemos fazer a diferença!

Em alguns alimentos o sal não só tempera como ele também conserva o alimento. Você percebe a sua importância no mundo? Você pode não só fazer a diferença como pode também conservar viva essa diferença. Não podemos nos contaminar com a terra. Nós somos o sal da terra. O sal é uma coisa, a terra é outra. O sal contaminado não serve para nada. Não está mais limpo, nem puro! Não devemos viver de acordo com a terra( com os padrões do mundo) pois certamente seremos pisados.

Se quisermos levar a cura, a salvação, a alegria, precisamos estar limpos e puros. O sal ajuda na cura. Ela causa dor no momento da aplicação, por ter qualidades de purificação.
Você tem temperado o mundo a sua volta? Não seja um Cristão insípido. é o Espírito santo quem nos dá sabor e se estamos cheios Dele "contaminaremos" a outros.
Lembre-se: Temos a responsabilidade, como discípulos de Cristo, de sermos sal da terra!
A paz

Um comentário:

Fernanda disse...

Que possamos fazer a diferença em todo tempo e em todo lugar, Jesus está voltando!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...