terça-feira, 25 de janeiro de 2011

ERROS
Hoje quero falar sobre Erros. Erros que cometemos, erros que cometem conosco. Eu não sei se digo ainda bem, ou gloria a Deus por não termos uma borracha para apagar os nossos erros. Uma vez cometido, ponto final. Não podemos apagar aquilo que fizemos, não podemos voltar atrás. Depois de feito o que podemos fazer é esperar o resultado, as conseqüências.

Todos nós somos passíveis de erros. Podemos e fazemos escolhas erradas, baseadas no nosso instinto, no impulso, na emoção. Agimos e falamos sem pensar, ou até pensamos, mas não calculamos as conseqüências disso. O que acontece é nos arrependemos, nos envergonhamos, e passamos a nos esconder da face de Deus.

Genesis 3:10 – “E ele disse: Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me.”

Passamos a nos comportar como Adão. Descobrimos aquilo que nos envergonha e não queremos estar diante de Deus e em alguns casos colocamos a culpa na outra pessoa. Genesis 3:12 - “Então disse Adão: A mulher que me deste por companheira, ela me deu da árvore, e comi.” Adão, você comeu porque quis, para saciar a sua vontade, os seus desejos carnais. É que só existia a Eva, mas se fosse a Maria, a Joana, a Rute que te oferecesse você também comeria. Eva a culpa foi só sua também. Não culpe Satanás pelas suas fraquezas. Não é Cristo que te fortalece? Você não é mais que vencedor? Não sabe que se resistir ao diabo ele fugirá de você?

Com essa desgraça toda na região serrana do Rio de Janeiro, ouvimos muito a respeito de medidas preventivas. Agora só se fala nisso. Depois da tragédia, estão pensando em medidas preventivas. Mas quer saber? Precisamos de medidas preventivas também na nossa vida, precisamos estabelecer coisas que nos ajudem a não pecarmos, a não errarmos.

Marcos 9:45 – “E, se teu pé te faz tropeçar, corta-o; é melhor entrares na vida aleijado do que, tendo os dois pés, seres lançado no inferno”. Precisamos cortar o que nos faz cair, tropeçar. Muitos escolhem cortar o evangelho para não ter que abrir mão de nada. Se você errou e se arrependeu, gloria a Deus pela sua vida. Não se esconda da presença do Senhor por causa dos seus pecados. Vá até Ele, reconheça as suas fraquezas e peça ajuda para seguir em frente e não pecar mais. Às vezes falta-nos força para lutar, mas não se torture por isso. Ainda que você não vença todas as batalhas, a guerra já foi vencida por Cristo Jesus na cruz!

Se você não se arrepende do que fez, vá também aos pés de Jesus e peça a Ele para que te mostre o erro. Ele fará isso com muito amor. Deus não ama os nossos pecados, mas Ele nos ama. O desejo pelo pecado sempre vai está em nós, mas somos nós que decidimos qual caminho queremos seguir. Escolha seguir o caminho que não vai te levar a vergonha, ao choro, a solidão. Escolha o caminho que não vai te humilhar, te fazer se sentir pequeno, frágil. Escolha certo. Escolha o caminho de Cristo.

Se você sentir no seu coração, faça essa oração.

Salmo 51
"Compadece-te de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; e, segundo a multidão das tuas misericórdias, apaga as minhas transgressões.
Lava-me completamente da minha iniquidade e purifica-me do meu pecado.
Pois eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim.
Pequei contra ti, contra ti somente, e fiz o que é mal perante os teus olhos, de maneira que serás tido por justo no teu falar e puro no teu julgar.
Eu nasci na iniquidade, e em pecado me concebeu minha mãe.
Eis que te comprazes na verdade no íntimo e no recôndito me fazer conhecer a sabedoria.
Purifica-me com hissopo, e ficarei limpo; lava-me, e ficarei mais alvo que a neve.
Faze-me ouvir júbilo e alegria, para que exultem os ossos que esmagaste.
Esconde o rosto dos meus pecados e apaga todas as minhas iniquidades.
Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável.
Não me repulses da tua presença, nem me retires o teu Santo Espírito.
Restitui-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espirito voluntário.
Então, ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores se converterão a ti.
Livra-me dos crimes de sangue, ó Deus, Deus da minha salvação, e a minha língua exaltará a tua justiça.
Abre, Senhor, os meus lábios e a minha boca manifestará os teus louvores.
Pois não te comprazes em sacrifícios; do contrário, eu tos daria; e não te agradas de holocaustos.
Sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado; coração compundigo e contrito, não o desprezarás, ó Deus.
Faze bem a Sião, segundo a tua boa vontade; edifica os muros de Jerusalém.
Então, te agradarás dos sacrifícios de justiça, dos holocaustos e das ofertas queimadas; e sobre o teu altar se oferecerão novilhos."

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...