segunda-feira, 21 de novembro de 2011

CONTAMINAÇÃO  
Apocalipse 2.10: "Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida”

Li um livro muito bom chamado Contaminados pela Babilônia. Esse livro fala de como somos sutilmente influenciados pelas as coisas que não são de Deus. É incrível que quando relaxamos de estar na presença de Deus ficamos sujeitos aos tropeços e as contaminações da vida. Porém como evitar isso? Como evitar diante de tantas ofertas, de tantos manjares, permanecer puro na presença do Senhor?

A primeira coisa, e a mais importante, é querer! Se você realmente decidir resistir as tentações Deus lhe dará estratégias e uma força sobrenatural. Mas é importante que você queira mesmo. A bíblia nos diz que Daniel resolveu FIRMEMENTE não se contaminar com os manjares do rei da Babilônia. E você? Será que você está disposto para rejeitar determinados convites, determinadas propostas?

Por mais difícil que pareça vale a pena! Vale a pena resistir as tentações! Entretanto é necessário que atitudes sejam tomadas. Daniel não ficou apenas orando e esperando que Deus o livrasse daquelas tentações. Ele tomou ações concretas e você precisará tomar também. É dizer não quando você gostaria de dizer sim, é ir para a direita a despeito de a esquerda ser muito mais atraente, é entrar pela porta estreita quando a porta larga já está de portas abertas te esperando.

I Pedro 2:16 – “Vivei como livres, mas não useis a liberdade como desculpa para fazerdes o mal, vivei como servos de Deus.”

A cada prova que passamos e vencemos quando estamos em CRISTO, faz com que a nossa fé seja aperfeiçoada, moldada e fortificada mais ainda. Dizemos para o mundo que muito maior é aquele que está em nós. Quando você estiver diante de uma proposta carnal muito tentadora, quando os manjares do mundo estiverem lhe dando água na boca, olhe para a CRUZ! Jesus passou por tudo aquilo para que eu e você vivêssemos livres da escravidão do pecado (sim, o pecado nos escraviza). Não é difícil resistir à tentação quando nos lembramos de tudo o que Jesus fez por amor!

Fico imaginando a “cara” de Deus cada vez que dizemos não ao mundo, cada vez que resistimos ao pecado. Eu imagino o Senhor com um baita sorriso dizendo: “Muito bem meu filho, estou orgulhoso de você! Você foi fiel, conseguiu! Receba a sua recompensa”.  Não se contaminar com o mundo nos dá o direito as bênçãos de Deus, nos coloca mais perto do trono do Pai. Nos traz paz, vida, shalom! Ainda que momentaneamente pareça impossível andar na contra mão do mundo, quando você estiver com a sua benção nas mãos você poderá dizer: “Valeu a pena... Senhor valeu a pena!”

Shalom

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

TADINHO DE JESUS


"SEM DERRAMAMENTO DE SANGUE, NÃO HÁ REMISSÃO" (Hb. 9:22).

Nesse ultimo encontro com Deus, estava conversando com a minha amiga Rosana sobre a Cruz, a palavra que ela pregaria em algumas horas. Estávamos falando como é difícil algumas vezes entender o que aconteceu ali. Entender o Sacrifício de Jesus na cruz do Calvário pelas nossas vidas. Estávamos lembrando como era complicado olhar para a cena da crucificação sem sentir pena de Jesus. Quando assisti Paixão de Cristo pela primeira vez eu chorei muito, mas confesso que senti pena de Jesus, eu entendia que Ele havia feito aquilo por mim e que Ele não merecia passar por todo aquele sofrimento.

Algumas pessoas olham para a cruz e simplesmente não sentem nada, pois não vêem nada.  Na verdade eu não gosto de olhar para a cruz e ver Cristo ali. Para mim,  a cruz não significa morte e sim vida. Significa gloria, vitória, esperança, confiança, paz! Foi necessário que um justo, uma pessoa sem pecado passasse por aquilo por mim e por você. A bíblia nos ensina que o salário do pecado é a morte. Pense bem: Quem deveria ter sido crucificado? Jesus ou um pecador qualquer como eu e você?

 Mt 16: 24 - "Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me."

Na cruz Cristo nos justifica, santifica e nos garante a vida eterna. Quando Jesus ressuscitou, ele me garantiu a vitória. Ele me deu novamente a chance de uma vida de verdade. Eu sei que é difícil de entender o real significado da morte de Jesus, mas o que eu quero frisar nesse texto é que você nunca mais olhe para a cruz e pense nela como algo somente histórico...bíblico. Em Gálatas 2:19 o apostolo Paulo nos diz que está crucificado com Cristo. Estamos assim também, devemos estar, pois sendo crucificado com Cristo que eu sou livre da escravidão do pecado, é morrendo o velho homem que um novo homem nasce criado à semelhança de Jesus. Olhe para cruz e veja uma nova vida para você!

Para entender a morte de Jesus na cruz é preciso ver com os olhos da fé. Com os olhos naturais seria impossível entender o que se passou ali. Seria impossível entender que o sangue de Jesus vertido no madeiro nos purifica e santifica. Seria impossível entender que tudo aquilo foi um cumprimento do plano de Deus para a nossa salvação. Jamais teríamos a compreensão que assim como Jesus ressuscitou podemos ver áreas mortas em nossas vidas ganhando vida novamente.

A cruz significa vida em abundancia! A vida eterna é um dom, um dom gratuito, de Deus por meio do sacrifício de Jesus na cruz. Não podemos comprar a vida eterna, e com certeza não a merecemos, mas ela é oferecida. Receba Jesus como Senhor e Salvador da sua vida e certamente serás salvo! Existe alguma área na sua vida morta hoje em dia? Você olha para a sua vida e não vê esperança para algum assunto específico? Veja com os olhos da fé. O diabo quando viu Jesus na cruz deve ter pensando: É o fim! E Deus deve ter dito assim: “Ahhh satanás, você ainda não viu nada! Aqui é o começo!”  Creia que através da morte de Jesus na Cruz você tem a vitória em Cristo Jesus!

Shalom!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

CORAÇÃO GRATO


“Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo” (Efésios 1:3).

Algumas vezes sinto a necessidade de dar as minhas coisas. Deus tem me abençoado e vez ou outra dou algumas roupas, sapatos ou bolsas que tenho. Porém não consigo e não gosto de dar aquilo que foi me dado como presente, ou como doação! Eu entendo que se eu ganhei algo de alguém, aquela pessoa por algum tempo parou e pensou em mim. Ponderou se eu iria gostar ou não, usar ou não, enfim, ela pensou com carinho em mim. Não consigo jogar fora um presente.

Infelizmente com Deus, em algumas situações, não agimos assim. Pedimos e recebemos, mas não damos valor àquilo que temos. Parece que quando pedimos algo a Deus, ou mesmo quando não pedimos mas Deus nos abençoa, tratamos aquilo como algo qualquer. Nos esquecemos de que foi a MÃO DE DEUS QUE FEZ AQUILO. Você realmente acha que o Senhor te abençoa por acaso???? Não! Ele te abençoa para que todos vejam que a gloria e honra pertencem a Ele.

A sua vida é um presente de Deus, logo não a trate de qualquer maneira. Valorize a sua saúde, o seu corpo, seus dons, suas habilidades. A sua salvação é um presente de Deus. Não olhe para a cruz como algo que aconteceu no passado. Viva a cruz no seu dia a dia, pois através da morte de Jesus é que passamos a ter acesso ao trono de Deus. Somos pessoas privilegiadas.

Valorize o que Deus te dá. Um amigo, um novo relacionamento, um novo emprego, a sua saúde, o sopro de vida! Lembre-se que o seu nome está escrito nas mãos de Deus e que cada vez que você é abençoado com algo novo é porque o Senhor preparou aquilo com muito carinho, ainda que você não tenha pedido. Aprenda a dar valor às pequenas coisas, aos pequenos começos. Não jogue fora algo que você julga não ter importância. O que é pequeno e sem valor para você hoje poderá amanha te trazer muitas alegrias.

“Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam” (1 Coríntios 2:9).

Não esqueça nunca de se valorizar. Lembre-se de quem você é em Deus e para Deus. Não se preocupe se não te dão o valor devido. O Senhor te valoriza e Ele sabe exatamente quem você é. Não jogue a sua vida fora por não saber o seu valor para o Pai. Não foi você quem amou a Deus; ELE TE AMOU PRIMEIRO E TE RESGATOU. Dê valor a isso! Valorize a todos que estão a sua volta, mas veja com mais carinho aquelas pessoas que te amam e te valorizam pelo que você é. Tenho certeza que você tem algumas pessoas assim na sua vida.

Viva de modo que a sua vida seja um reflexo daquilo que Deus tem feito por você e através de você! Tenha um coração grato a Deus por TUDO!

SHALOM!

terça-feira, 8 de novembro de 2011

SHIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

  “Aquietai-vos e sabeis que eu sou Deus"
                (Salmos 46:10)

Nunca fui uma pessoa muito paciente, nunca mesmo. Acho que por ter sido filha única durante tantos anos me acostumei a ter as coisas na hora que eu achava certa. Sempre foi assim.  Confesso que até hoje mesmo depois de Deus ter me tratado BASTANTE nessa área, passo por algumas situações onde definitivamente minha paciência é provada e o bom disso, é que eu até tenho visto que em muitas coisas tenho sido provada e aprovada.

Mas como eu disse, nem sempre foi assim. Como foi difícil entender que a despeito de jurar de pés juntos que tinha o controle da minha vida, eu não controlava nada! Eu achava que por não ver as coisas acontecerem, Deus não estava agindo, ou pior, que Ele estava demasiadamente ocupado com outras coisas e com outras pessoas mais “comportadas” do que eu.

Com o passar dos anos descobri algo fantástico; Deus age no silencio! Conheci algumas pessoas que são extremamente produtivas quando estão em silencio ou num ambiente silencioso. Às vezes penso que Deus é assim também... Ele gosta de agir no silencio, no Dele, e no nosso!

"Descanse somente em Deus, ó minha alma; dele vem a minha esperança. Somente Ele é a rocha que me salva; Ele é a minha torre alta! Não serei abalado!  A minha salvação e a minha honra de Deus dependem; Ele é a minha rocha firme, o meu refúgio"  Sl 62.5-7

Em meio as suas crises, dúvidas, questionamentos, experimente tão somente ter paciência, ficar em silencio e observe Deus agir. É provável que durante algum tempo você não ouça nada, nem veja nada, mas isso não significa que o Senhor não se importa com você!  Às vezes Deus diz assim: “Meu filho (a), tenha calma. A sua inquietação não vai me fazer trabalhar mais rápido. Aguarde, pois estou caprichando, e quando isso se resolver será para sempre!”

Deus é Deus em qualquer circunstancia.  Ficamos tão apressados em vermos as coisas resolvidas rapidamente que esquecemos que o tempo de Deus não é o nosso. Lembre-se disso: NO MOMENTO EM QUE DEUS RESOLVE AGIR, NADA PODE IMPEDI-LO. Não é melhor então esperar tranquilamente por esse momento, tendo já a certeza que a boa obra que Deus começou ele terminará?
Deus age em silencio e no silencio também. Apenas respire fundo e confie. Tenha fé que tudo está nas mãos do Senhor e que ele sabe e quer nos dar o melhor. O silencio de Deus SEMPRE nos diz alguma coisa. Então se cale diante da presença Dele e se prepare para ouvir e aprender muito! É no silêncio que se chegamos mais a Deus.
Shalom!

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

SINCERIDADE
"Já que esse povo diz que é meu mas não Me obedece, já que o coração dessa gente está longe de Mim, já que a sua religião não passa de um monte de leis feitas por homens, que aprenderam de tanto repetir." (Isaias 29.13)
Deixe-me te fazer uma pergunta: O quão perto o seu coração está do coração de Jesus? O que você tem feito para agradar a Deus? O rei Davi no salmo 139 pede algo que deveríamos pedir sempre, todos os dias: Para que Deus sonde o nosso coração, para que Ele nos prove, que Ele conheça os nossos pensamentos. Que ela veja se em nós existe algum caminho mau e que nos guie pelo caminho eterno.

A verdade para muitos de nós é que não é tão simples quanto parece pedir que Deus realmente sonde o nosso coração. Deus se alegra de um coração sincero, um coração que não tente maquiar uma vida que não existe. Sabemos que de Deus nada podemos esconder e se sabemos disso, porque muitas vezes ainda insistimos em tentar ludibriar o nosso Senhor?

Deus sabe, e te garanto que sabe muito bem, se o seu coração está realmente disposto a viver para Ele. Você pode orar, ler a bíblia, ir a cultos ou celebrações, mas se tudo isso for apenas “parte do show” você estará se distancia cada vez mais de Jesus. Lembre-se que Deus olha o nosso interior e Dele nada podemos esconder! Se o seu coração estiver perto do coração de Deus, você tem como garantia para a sua vida uma infinidade de bênçãos. Quando a pessoa tem o coração segundo o coração de Deus, nada há neste mundo que possa destruir a sua vida.

Esse versículo de Isaías também fala de pessoas que aprenderam a palavra de Deus de tanto repeti-la. Deus não nos deu a Sua palavra para que a decorássemos. Ele nos deu, para que fosse o nosso manual de vida. Não se preocupe em decorar versículos ou saber onde eles se encontram na bíblia. Preocupe-se em VIVER bíblia.  Quando vivemos a bíblia, vivemos a verdade, vivemos as promessas, vivemos a fé e a esperança, vivemos o amor, o consolo.

"Sejam praticantes da Palavra, e não somente ouvintes, enganando-se si mesmos". Tiago 1.22

A palavra de Deus, sempre viva e eficaz (Hb 4,12), está destinada a todos, em todos os tempos e lugares. Como vive-la então? Primeiro você precisa conhecê-la. Você precisa se PREDISPOR a crer que ela é a palavra do próprio Deus. Para isso você irá precisar de fé.  Você precisará declarar essa palavra diariamente. Você pode declarar vida ou morte, bênção ou maldição sobre o seu futuro. Quando escolhemos declarar a Palavra de Deus sobre as circunstancias, estamos ativando o poder de Deus em nossas vidas.

Não viva uma vida de aparências, vazia e sem frutos. Quando Jesus te deu a vida foi para ser abundante. Não se contente com nada menos que isso! Gere frutos. Seja sincero com Deus! Eu realmente creio que assim, viveremos o reino de Deus aqui na terra!

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

O nosso trabalho não é vão
Texto de
Ana Márcia Britto - www.shofarmusic.com.br



Ora, o que planta e o que rega são um e cada um receberá o seu galardão, segundo o seu próprio trabalho” (I Co 3:8).


No Reino de Deus cada um recebe da mesma porção, segundo a própria capacidade, para trabalhar conforme as próprias forças (Eclesiastes 9:10). Ou plantando, ou regando ou colhendo, todos exercemos os nossos trabalhos, cada um na sua área ou atividade. A técnica que cada um usa para produzir no seu trabalho é que vai determinar o produto final.
Em síntese, todos produzimos, pouco ou muito, e recebemos o nosso galardão segundo o que trabalhamos. Mas, mesmo sabendo disso, há muitas pessoas que trabalham pouco e querem receber o mesmo galardão dos que trabalham muito, e nunca assumem que precisam se esforçar mais para ter a sua porção aumentada.

Também existem aquelas pessoas que vivem anunciando o que fazem, mas não se esforçam muito, só querem status. Estes precisam saber que agradar a homens não traz o galardão, mas, agradar a Deus, sim.
Geralmente quem vive reclamando que “nunca dá, nunca pode, nunca tem”, também nunca prospera, pois é incapaz de investir em terreno fértil. Não consegue se esforçar para ser melhor, se acomoda com o que tem. Deus manda esses aprenderem com as formigas (Provérbios 6:6).

E há pessoas que trabalham muito mas ninguém vê, pois não ficam anunciando o que fazem. Fazem porque amam. Precisamos aprender com essas pessoas, pois o que fazemos para Deus tem que ser com alegria e não com pesar. O nosso trabalho na obra de Deus não é vão: “Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão” (I Co 15:58).

Para que se possamos trabalhar com sucesso para o Senhor, precisamos ser:
1º firmes – sabermos o que se quer, termos convicção do chamado;
2º inabaláveis
– estarmos seguros nas promessas de Deus, não vacilarmos os pés;
3º abundantes
– prosperarmos em tudo que fizermos, termos a fartura do Senhor, pois nada nos faltará.
Deus conhece o seu esforço, Ele conhece o que se passa nos seus pensamentos e sonda o seu coração. Ainda que você trabalhe achando que nunca irá ter resposta, por não estar vendo o fruto, creia que a semente germinou e que o seu trabalho não é vão. O Senhor cuida de nós e é nEle que precisamos estar firmados. Nós precisamos ter fé, e essa fé tem que ser alimentada pela leitura da Palavra. Precisamos ser fortes e não desistir, pois Deus tem reservado para nós sempre o melhor (II Cr 15:7).

Deus lhe ama e tem o melhor para você, creia em Suas promessas, tenha fé e confesse a sua vitória, pois você já é um vencedor e a obra das suas mãos terá recompensa. Continue plantando, regando e semeando, o seu galardão está guardado, ele é seu, tome posse de todas as bênçãos de Deus, receba!

 

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

SOMOS UM EM CRISTO!


Vindo para o trabalho hoje pela manha presenciei uma batida entre um carro e um motociclista. Graças a Deus ninguém se machucou mas o curioso foi observar a quantidade de outros motociclistas que pararam ( logo parando todo o transito) para: 1- realmente socorrer aquele que estava no chão; 2- apenas observar, fazer comentários sem sentidos; 3- Não fazer nada!
Todos nós um dia fomos chamados para sair do reino das trevas e vivermos no Reino da Luz. Ganhamos o direito( sem ao menos sermos merecedores disso!) através de Jesus Cristo, de sermos chamados filhos de Deus. Fomos chamados para sermos santos, assim como nosso Pai Celestial é. Acontece que durante nossa caminhada rumo à santidade, nem sempre conseguimos permanecer focados no alvo(Cristo) e algumas vezes, ou muitas vezes, nos desviamos do caminho correto. 

“Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós” (1 João 1:8). 

Por imaturidade espiritual, meninice, falta de fé, falta de perseverança em seguir a Cristo, já caí em pecado algumas vezes. E eu quero destacar algumas atitudes que são facilmente observadas quando vemos algum irmão em Cristo caído em pecado. Assim como os motociclistas, muitos se aglomeram. Uns culpam o fator externo ( o carro, ou o pecado). Começam a dizer que a pessoa foi seduzida pelo inimigo e colocam a culpa no diabo! Outros dizem que a culpa foi do motociclista( do crente). Ele deveria estar mais atento, mais focado ou lhe faltou prudência. Muitos não falam nada, pois estão preocupados com suas próprias vidas. 

“Acima de tudo, porém, tende amor intenso uns para com os outros, porque o amor cobre multidão de pecados” (1 Pedro 4:8). 

O fato é: Alguém caiu! E esse alguém precisa ser levantado. Dependendo da queda, não é simples levantar sozinho. ELE PRECISA DE AJUDA! Mesmo quando nós não somos pessoalmente prejudicados pelo pecado do outro, ainda devemos amar de uma maneira que ajuda aquela pessoa alcançar o perdão dos seus pecados. Tiago explicou bem o nosso papel em ajudar o irmão que cai no pecado: “Meus irmãos, se algum entre vós se desviar da verdade, e alguém o converter, sabei que aquele que converte o pecador do seu caminho errado salvará da morte a alma dele e cobrirá multidão de pecados” (Tiago 5:19-20).
1Co 10:12 Aquele, pois, que pensa estar em pé, cuida para que não caia. 

Devemos agir com os outros, da mesma maneira que gostaríamos que agissem conosco. Estender a mão ao caído, não significa ser conivente com o pecado dele. Significa fazer o cristo faria. Jesus não julgaria, não condenaria, não viraria as costas, não falaria mal. O amor Dele constrangeria, levaria ao arrependimento. Se Jesus não faria essa coisas, o que nos leva a pensar que podemos fazê-las? 

Shalom!






quinta-feira, 29 de setembro de 2011

SIGA O SEU CORAÇÃO


Quantas vezes você já ouviu essa frase? Eu já ouvi algumas vezes, sempre em momentos de grandes decisões ou dúvidas. Quando decidimos seguir o nosso coração, estamos dando a impressão que algo muito maior, e muito mais puro, que existe dentro de nós está vindo à tona trazendo com ele a resposta certa, na hora certa, para aquela situação. Nossas emoções se potencializam e realmente achamos que ao seguir a “voz” do coração, estamos tomando a atitude certa. 

“Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?” Jeremias 17:9 

Deus não nos ensina a seguir o nosso coração, ou a nossa consciência. Devemos seguir a Sua palavra, devemos seguir os passos de Jesus e fazer (ou pelo menos tentar fazer) aquilo que Ele nos ensinou. Quando seguimos o nosso coração, seguimos nossas emoções que quase sempre são instáveis, e seguimos as nossas intuições que muitas vezes são falhas. Nem tudo que sentimos no coração provém de Deus, assim também como nem tudo que geramos em nossos corações chega até Ele. Saiba que tudo o que provém do Senhor não traz confusão,não irrita nem causa sofrimento,pois está de acordo com a Bíblia.

Muitas vezes oramos e clamamos a Deus para nos livrar dos enganos que nos cercam, mas esse versículo de Jeremias nos diz que o nosso coração é quem nos engana. Devemos nos livrar dele então? A resposta é sim! Devemos pedir, clamar, batalhar, mortificar a nossa carne para termos um coração igual ao de Jesus. Pode até parecer que você estará pedindo algo impossível, mas na verdade um coração igual ao de Jesus nada mais é que um coração conectado com o coração de Deus.

“A ansiedade no coração deixa o homem abatido, mas uma boa palavra o alegra”.Provérbios 12:25 

Um coração que não está intimamente ligado ao coração de Deus é um coração falho. Se pedirmos um coração igual ao de Jesus, estaremos pedindo, como diz um louvor, um coração disposto a obedecer, cumprir com os mandamentos de Deus. Estaremos pedindo um coração que é movido não por emoções, mas sim pela fé. Aí sim, poderemos segui-lo sem medo, sem receios, pois verdadeiramente Cristo estará vivendo em nós. 

O primeiro sentimentos que você deve ter no seu coração é um amor incontrolável por Deus, amor por outras pessoas que ainda não conhecem a Jesus e amor pela palavra de Deus. Eu te garanto que se seu coração bater nessa direção, todas as outras coisas lhe serão acrescentadas! 

Shalom!

terça-feira, 13 de setembro de 2011

 TE CONHECER!
 

Oséias 6:3 Conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como a chuva serôdia que rega a terra.

Como alguns sabem sou professora de escola bíblica e convertida ao evangelho a mais de 20 anos. Já li toda a bíblia algumas vezes, mas infelizmente por teimosia e desobediência minha pouco vivi da palavra de Deus. Conhecer toda a bíblia não me deixou mais próxima do Senhor. 3 anos atrás, resolvi que queria mudança, afinal eu conhecia a teoria, mas não vivia aquilo. Sabia que Deus era amor, paz, perdão, consolo, mas raramente sentia alguma coisa. Eu sabia que a minha vida mudaria assim que eu vivesse aquelas promessas que estavam escritas ali.

Esse versículo de Oseias sempre falou ao meu coração. Eu entendia que não bastava conhecer a Deus e sim prosseguir conhecendo a Deus. Quando nos apaixonamos por alguém começamos a “fuçar” a vida dessa pessoa. Procuramos saber do que ela gosta, os lugares que freqüenta, damos um jeitinho de estar por perto e de sermos vistos. Nós não nos contentamos em somente conhecer a pessoa, e sim em continuar conhecendo-a.

Você pode estar se perguntando: “Como eu faço para conhecer a Deus?” Bom, eu te digo que o Senhor se revela através da palavra, da bíblia. Peça para que Ele faça isso e você ficará surpreso. Através da palavra de Deus, aprendemos mais a respeito das características do Senhor, aprendemos como agradar o Seu coração, aprendemos a identificar coisas que O deixam triste, enfim, a bíblia não é somente o nosso manual de vida mas é também um reflexo daquilo que Deus é.

Sl 42:2 - A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e verei a face de Deus?

Não conhecer a Deus implica em confusão, solidão e morte. É Deus quem esclarece nossos caminhos obscuros, é Ele quem está sempre do nosso lado, é Dele que vem a vida. Não basta apenas conhecer a Deus. Semana retrasada tivemos mais um encontro de homens e mulheres. Foi maravilhoso, vidas foram salvas, restauradas, resgatadas. Posso dizer que mais de 350 pessoas num fim de semana conheceram a Deus de forma especial, mas eu me pergunto quantos prosseguirão em conhecer a Deus!

Chegar perto de Deus é uma coisa, permanecer do lado Dele é outra! Conhecer os meios de agradar a Deus é uma coisa, realmente fazê-lo é outra. Declarar que ama ao Senhor é uma coisa, viver uma vida de renuncia por esse amor é outra. O nosso relacionamento com Deus exige de nós esforço, dedicação, envolvimento, comprometimento. Muitos já conheceram Deus, mas nem todos permanecem com o mesmo amor para continuar conhecendo-O.

Mateus 7:21 -  “ Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.”

Você deve buscar a Deus para encontrá-Lo. Você deve desejar sinceramente entendê-Lo. Você deve aproximar-se de Deus com a confiança de que pode encontrá-Lo. Você deve aproximar-se de Deus disposto a fazer a Sua vontade e a obedecê-Lo. Não é tarde para resgatar ou começar um relacionamento sincero com Senhor. Eu sei que é isso que Ele quer e espera!

Shalom

sábado, 27 de agosto de 2011


ME AJUDA SENHOR!

Essa semana estava conversando com a minha amiga Isabela e ela me contava uma experiência que teve com a filha de 8 anos. A menina sofre de prisão de ventre e um dia a noite ela escutou a filha chorando no banheiro. Quando perguntou à menina o porque do choro a filha respondeu que era porque não estava conseguindo ir ao banheiro direito, e que ela até tinha orado para Deus tirar o “cocô” de dentro dela!!!! Mas  Deus não tinha escutado a oração pois o cocô ainda estava lá. A menina então começou a chorar muito e a gritar pela mãe, pela ajuda da mãe. A Isabela então perguntou: “... mas filha, como eu posso te ajudar se você não come as coisas que você sabe que precisa comer para o cocô ir embora, se você não bebe água, se você faz nada das coisas que você sabe que precisam ser feitas?”

Ficamos depois conversando e visualizando Deus falando a mesma coisa. Quantas vezes não clamamos a Deus por socorro e por ajuda para problemas que nós mesmos criamos? Quantas vezes mesmo sabendo o que é certo, fazemos o que é errado? Quantas vezes pecamos deliberadamente, tendo total consciência dos nossos atos? Imagino Deus falando assim: “ Filho(a), como eu posso te ajudar se você não faz nada do que mando? Como eu posso te ajudar se você mesmo limita o meu agir na sua vida? Como eu posso interferir se você não me dá espaço para isso?”

“Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem.” Romanos 7:18

No versículo 13 do mesmo capítulo de Romanos, o apóstolo nos fala que o pecado, por meio de uma coisa boa, causou-lhe a morte. Através da experiência de Paulo podemos aprender que pecar, ou , fazer aquilo que sabemos que é errado poderá nos levar a morte. Sabemos também que essa morte nem sempre é a física, mas também a morte espiritual. A verdade é que vivemos em luta contra a nossa carne. Sabemos o que é certo, pois temos acesso à palavra de Deus, que é o nosso manual, mas fazemos o que é errado, pois também temos acesso e vivemos no mundo rodeados da sua podridão e mentiras.

Se você, como apóstolo, fica nessa briga entre fazer o bem ou o mal, então, você tem uma vida espiritual. E caso você perceba que dentro de você não há essa luta, então é hora de começar a se questionar se possui realmente uma vida espiritual. A ausência de luta pode significar que, espiritualmente, sua vida está morna, parada, estagnada – MORTA.

"Pois, quando estávamos na carne, as paixões dos pecados, suscitadas pela lei, operavam em nossos membros para darem fruto para a morte" Romanos 7.5

Já está na hora de gerarmos vida. De vivermos a vida abundante que Deus preparou para cada um de nós. Deus sempre irá nos socorrer, mas podemos passar pelos nossos problemas e tribulações com muito menos dor se tão somente fizermos o que é correto diante do Senhor.
Shalom!

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

A CONFUSÃO


“Porque Deus não é um Deus de confusão, e sim de paz. Como em todas as igrejas dos santos” 1 Coríntios 14:33

Certa vez quis trocar de carro e estava com duas opções muito boas, mas não sabia qual escolher. Passei dias pesquisando e perguntando aos meus amigos o que fazer e cada vez que eu perguntava pior a coisa ficava pois cada um me dava uma opinião diferente. Aquilo estava me tirando do sério, minha cabeça estava confusa demais e sentia um aperto no meu coração ( e olha que era só um carro hein?), até que um amigo da igreja me fez a seguinte pergunta: “Você já orou e perguntou para Deus qual o carro você deve comprar?” Na hora respondi que não e depois confesso que achei ridícula a pergunta dele, afinal Deus certamente tinha coisas muito mais importantes para fazer do que escolher o meu carro.

"E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus." [Filipenses 4:7].

A verdade é que uma vida tranqüila acontece quando aprendemos a colocar TUDO nas mãos do Senhor. Não estou dizendo que será uma vida perfeita. Tranqüilidade e perfeição são coisas completamente diferentes. A tranqüilidade acontece quando conseguimos ver a mão de Deus no meio dos nossos questionamentos, dos nossos problemas, em nosso cotidiano. A situação do carro pode parecer besteira, mas eu parei, orei e fiz a minha escolha. Quando eu senti paz no meu coração, eu soube que tinha escolhido certo. Quando algo vem do nosso Senhor vem muito maior e muito melhor do que aquilo que pedimos ou sonhamos.

Paz e tranqüilidade são frutos de uma vida com Deus. ISSO É UM FATO! Deus não está na confusão, no bate boca, na dúvida, nos desentendimentos. Muito pelo contrario. A palavra “confusão” tem diversos significados: desordem, perturbação, falta de clareza. A confusão pode ser definida como um estado de falta de prioridades, de inversão de valores e de perda de rumo.  Deus quer e pode trazer a paz e a tranqüilidade para todas as áreas da nossa vida.  Deus pode nos redirecionar para o melhor caminho, para o centro da Sua vontade. As vezes estamos vendo tantas coisas darem errado, sentimos o nosso coração atribulado e insistimos no erro por medo ou vergonha de dar o braço a torcer.

Em Cristo não há confusão, não existe dúvida. Em Cristo temos a paz perfeita que excede todo o entendimento. Temos a presença e o mover e agir do Espírito Santo. Eu vejo tantas pessoas dando cabeçadas ali e aqui e eu sinto que elas estão MUITO longe do plano inicial de Deus. Elas simplesmente agem pelo impulso, sem consultar ao Senhor e mesmo diante de tanta coisa errada, insistem por causa do orgulho.

Quando paramos de questionar, de nos virar do avesso para resolver nossos problemas, quando paramos de nos lamentar, de nos auto-comiserar, conseguimos ouvir a voz de Deus nos guiando, o Espírito nos dirigindo. Deixamos de ter cambio manual e passamos para o automático, guiados por Deus.

"Qual é o homem que teme ao SENHOR? Ele o ensinará no caminho que deve escolher." Salmos 25.12

Shalom!

sábado, 6 de agosto de 2011


O QUE VOCE QUER?
A minha mãe morreu em 1998. Naquela época eu ainda trabalhava como aeromoça na TAM e encontrei com o saudoso comandante Rolim no saguão do aeroporto de Congonhas. Ele foi muito carinhoso e me perguntou o que ele poderia fazer para me ajudar. Agradeci a atitude gentil e carinhosa dele mas disse que não havia nada que ele pudesse naquele momento fazer por mim, que Deus cuidaria de tudo. Ele sorriu e se afastou. O fato do dono da TAM ter parado e se importado com o meu problema me deixou tão feliz e tão confiante que posso dizer que ali comecei a ver o meu chefe com outros olhos.

Marcos 10:51 "E Jesus, falando, disse-lhe: Que queres que te faça? E o cego lhe disse: Mestre, que eu tenha vista. "

Essas palavras foram ditas por Jesus ao cego Bartimeu, que ao ouvir que Jesus estava por ali clamou para que o Filho de Davi tivesse compaixão dele. Jesus mandou chamar o homem e perguntou: “O que queres que eu te faça?”. O que me chamou a atenção foi exatamente essa pergunta. Quando o comandante Rolim perguntou se eu precisava de alguma coisa eu neguei, mas depois pensando bem, eu poderia ter dito que ele poderia pagar minhas contas, comprar um carro novo para mim, mudar a minha escala rss...na verdade materialmente ele podia fazer muito por mim, mas emocionalmente não.

Jesus hoje nos faz a mesma pergunta. O que você pediria a ele? Pediria por coisas materiais, pediria por bênçãos espirituais? O que você mais precisa? Aquele cego pediu por um milagre, por algo que ele sabia que só Jesus poderia fazer. As únicas coisas que ele tinha era a sua capa e fé, mas não era uma fé comum. Foi fé suficiente para ver o milagre acontecer.

Jesus se importa com a nossa dor, se importa com a nossa condição, se importa com a nossa vida! Ele escuta as nossas orações, nossos clamores, nossos pedidos. Nem sempre sabemos o que pedir, ou como pedir. As vezes estamos como aquele cego, cercado por pessoas que nos mandam calar a boca, ou que depositam desanimo no nosso coração dizendo que o Senhor tem coisas mais importantes para fazer. No versículo 48 de Marcos 10 diz que cada vez que o mandavam calar ele gritava mais alto. Quando as circunstancias em sua volta sufocarem a sua voz, se esforce e clame mais alto.

Salmos 18:6 – “Na minha angústia, invoquei o SENHOR, gritei por socorro ao meu Deus. Ele do seu templo ouviu a minha voz, e o meu clamor lhe penetrou os ouvidos.” A oração é um exercício de fé e que aprimora o nosso relacionamento com Deus.


Antes, o cego Bartimeu estava à beira do caminho, mas quando ele teve um encontro sobrenatural com o Filho de Davi ele passou a andar pelo caminho com Jesus. Eu não sei se você já teve algum tipo de experiência com Deus, eu não sei de onde o Senhor te tirou mas onde você está agora? Você tem estado à beira do caminho esperando que o Senhor te veja, te ouça ou você tem andado com Jesus? Se é à beira do caminho que você está, levante-se  e corra até Jesus. Sua vida mudará para sempre!

Shalom.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

AMY
 

Essa semana morreu a cantora Amy Winehouse aos 27 anos de idade.  Não era fã daquele estilo de musica, mas sempre soube quem aquela menina era e o que fazia. Quase sempre ela estava na mídia e na maioria das vezes não tinha muito a ver com o seu talento vocal. A menina era muito talentosa e para os fãs foi uma morte lamentável.  Lendo as letras de suas musicas uma coisa se tornou muito nítida; ela gritava por ajuda num mundo que não a ouvia. Irônico isso, não?

Deus não rejeita um coração arrependido - salmo 51.17 

Amy tinha quase tudo. Fama, dinheiro, uma família estável, sucesso. O que Amy não tinha era Deus. O que vimos acontecer com ela foi mais um exemplo de uma vida sem a presença de Deus. Eu me pergunto quantas Amys estão por aí vivendo ao nosso lado? Quantas pessoas convivem conosco e clamam diariamente por socorro? Quantas pessoas são belas por fora, sorridentes, e mortas por dentro. 

Isaías 55:6 diz assim: “Buscai ao Senhor enquanto pode ser achado. Chamai-o enquanto mostra estar perto.” Essa mensagem não é só para os não crentes, ou os não cristãos. É uma mensagem para TODOS, para os que estão dentro e fora das igrejas. Haverá um dia que buscarão pelo Senhor, pela presença do Espírito Santo e não poderão mais achar. 

Eu nem vou entrar na questão da morte sem Deus, isso dá outro texto. O que me chama a atenção é a vida sem Ele. Tiro pelo meu dia a dia. Tenho tantos problemas, ataques, dúvidas que se não fosse a mão poderosa de Deus, a Sua palavra viva em mim e a direção do Espírito Santo, não sei o que faria. Ter Deus, ter uma vida com Deus é muito mais que verbalizar e dizer que tem Deus no coração. Ter Deus no coração não basta. Deus não tem que ser o centro só do nosso coração e sim da nossa mente, do nosso agir, do nosso falar, do nosso pensar.

“Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo.” Apocalipse 3.20 

Ninguém é 100% feliz sem Deus. Uma vez escrevi um texto falando sobre os buracos da nossa alma, e eu sugiro que você leia. Somente o Espírito Santo pode nos preencher. Dinheiro, fama, status, família, pessoas... nada disso pode nos fazer 100% feliz. Somente Deus. Uma vida com Deus não significa uma vida sem problemas, mas significa uma vida de vitórias, ainda que o caminho seja longo e árduo. 

A vida da Amy infelizmente não foi exemplo para ninguém mas que a gente aprenda alguma coisa com a sua morte. Vamos prestar mais atenção às pessoas a nossa volta, nos preocupar mais, nos doar mais. Vamos orar por cada Amy que conhecemos estender a mão, ensinar o caminho da Vida. Jesus morreu na cruz por todos. Eu em comprometo a olhar além do meu umbigo, e você?

Shalom!

quinta-feira, 21 de julho de 2011

O QUE VOCÊ FARIA?

Composição: Paulinho Moska/Billy Brandão
Meu amor o que você faria se só te restasse um dia? Se o mundo fosse acabar, me diz o que você faria? 

Acordei as 04:45 da madrugada com essa musica na cabeça. Com tantos louvores que amo e conheço despertei do sono com uma composição do Paulinho Moska ( e eu nem gosto do Paulinho Moska), mas como escutei essa musica numa loja ontem, fiquei com ela na cabeça. Confesso que meu primeiro pensamento foi achar que iria morrer. Achei que fosse Deus me avisando alguma coisa, sei lá...vai saber? Depois de ter quase certeza que não vou morrer hoje eu realmente parei para pensar no que eu faria se só me restasse esse dia e faço a mesma pergunta para você: O QUE VOCÊ FARIA SE HOJE FOSSE O SEU ULTIMO DIA?

A primeira coisa que pensei foi em arrependimento. Preciso me arrepender dos meus pecados, não para poder ir para céu, mas porque é o que preciso fazer. Depois eu pensei, que preciso falar mais de Jesus, aprender do meu jeitinho a evangelizar as pessoas, falar do Reino dos Céus. Preciso ler a palavra, ahhhhh como eu vou sentir saudades da minha bíblia, mas no céu estarei ao lado de Jesus para sempre. Pensei na minha avó que sempre digo que vou ligar e não ligo, no meu pai que preciso beijar e abraçar mais, mas o pensamento que tive e a minha oração foi: “Senhor, se hoje for o meu ultimo dia aqui na terra quero passar esse dia na Tua presença”

Tudo o que eu quero está em Deus. O que preciso fazer está em Deus, o que eu sou está em Deus, assim como tudo o que tenho. Eu acredito que Deus quer que tenhamos a eternidade em nossos corações. Eu quero a presença de Deus, não só na eternidade, mas no meu dia a dia. Quero ter com Deus a mesma intimidade que Moisés tinha, a presença de Deus com ele  e o povo de Israel não se dava apenas nos cultos realizados na tenda... Era uma presença constante, permanente, que permitia ao povo novas experiências a cada dia. Todo dia era dia de milagres, todos os dias eles estavam desfrutando do Reino de Deus na terra!

Eu acho que se soubesse que seria o meu ultimo dia, tentaria me purificar espiritualmente, limpar as minhas vestes. "Em todo o tempo sejam alvas as tuas roupas, e nunca falte o óleo sobre a tua cabeça" - Ec 9.8

Acontece que como não sabemos que se hoje, ou amanha será o nosso ultimo dia, tudo o que faríamos naquele dia devemos fazer HOJE. O fato é que não sabemos quando o Senhor nos chamará, então hoje é o dia certo para nos arrependermos, buscarmos a presença de Deus, ler a palavra, evangelizar alguém, dizer mais vezes EU TE AMO, abraçar mais, beijar mais, interceder mais, limpar as nossas vestes...HOJE e não amanhã. Amanha pode ser tarde para liberar perdão para vida de alguém, então faça isso agora. Pode ser tarde para se desculpar com alguém, não perca tempo!

Devemos estar prontos o tempo todo, crendo que um dia seremos lembrados pelos nossos queridos como um testemunho vivo das bênçãos de Deus. 
Shalom
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...