segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

PAI NOSSO


Ontem a noite estava meditando na oração do Pai nosso. Tão conhecida, tão comentada, tão orada e repetida (às vezes até mecanicamente) que gostaria de dividir alguns versículos com vocês.

Em Mateus 6:9-13 diz assim:

9 Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;
10 venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu;
1 o pão nosso de cada dia dá-nos hoje;
12 e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores;
13 e não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal {pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém}!

Vamos começar no versículo 9: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;

Eu não sei qual a sua referencia de pai. Eu sempre tive um pai muito amoroso, carinhoso, que a despeito das tribulações que sofria sempre esteve pronto para me ajudar. Quando o meu pai me prometia alguma coisa, sabia que ele iria cumprir, afinal era meu pai e me faria feliz de qualquer forma. Se ele não me desse aquilo que pedi, me daria algo muito melhor.

Nem todos tiveram ou tem um pai como o meu. Alguns nem conhecem seus pais, outros preferem até esquecer que eles existem. Outros sofreram abusos morais, emocionais e até físicos de seus pais. E quando somamos nossas mazelas descobrimos que chegamos à fase adulta com um referencial muito errado do que é ser pai, e aí quando alguém chega e nos diz que Deus é pai ou queremos sair correndo para seus braços, ou queremos sair fugidos de Sua presença com medo que ele nos castigue pelos nossos erros. Crescemos achando que Deus castiga, que Ele está lá no céu pronto para nos fulminar por cada um de nossos pecados.

Meus amados esqueçam qualquer referencial de pai que você pode ter. Deus é muito maior que a sua referência. E muito melhor. Deus é sim um pai justo e a Sua justiça irá prevalecer para sempre, mas Deus é bondade, carinho, esperança, conforto, consolo, alegria, muita alegria e acima de tudo DEUS É AMOR!

Sinceramente, eu não consigo medir, nem explicar o amor de Deus Pai. Acredito que só quem vive esse amor, esse cuidado pode entender. O bom é saber que esse amor nos está disponível para toda a vida. Basta queremos.

Deus é Santo. Seu nome é Santo e tudo aquilo que se refere a Deus também é santo. I Pedro 1:16 diz para sermos santos por um único motivo: Porque Deus é Santo! Somos de Deus, sejamos santos.

Que hoje você possa fazer de Deus Pai o seu referencial, que ser como Jesus seja o seu objetivo.
Que você se espelhe eu seu Pai e busque agradar a Ele e que quando você for orar e disser: “Pai nosso...”, você possa visualizar o Senhor inclinando os seus ouvidos e prestando atenção em você. Eu imagino que na hora que estou orando ao meu Pai, lá nos céus ele diga assim: Shiiiiiiiiiii silêncio... minha filha está falando.

"Mas, a todos quantos o [Jesus] receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus" (João 1:12)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...