quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

MANSIDÃO



"Bem- Aventurados os Mansos, (Brandos) porque eles possuirão a Terra." Mateus, 5:5

Ahhhh, como esse versículo me chamou a atenção. Feliz são os mansos, os tranqüilos, os sossegados, os que falam calmamente, os brandos de gênios, os pacíficos. Deus, eu quero seu tudo isso, mas ainda não sou! Confesso que preciso muito ser uma mulher mais mansa, tranqüila... não por querer possuir a terra, mas por esse ser um dos frutos do Espírito Santo, e eu desejo ser cheia do Espírito de Deus.

Não é fácil. Somos 6, 888, 143, 359 pessoas no mundo! (Fonte:http://www.census.gov/main/www/popclock.html). E detalhe: DIFERENTES UMA DAS OUTRAS. Sabe o que isso significa? Que durante a sua vida você encontrará com pessoas que discordarão de você, te irritarão, te deixarão nervoso, constrangido, magoado, de decepcionarão... e diante de tudo isso, independente da situação que você enfrentar, você deve ter um espírito manso.

Fico pensando em Jesus e em seus discípulos. Como Jesus teve paciência com aqueles homens! Como Ele os exortava e ensinava de maneira mansa e calma. Os discípulos, mesmo estando junto a Jesus, faziam e falavam tantas coisas erradas, faziam perguntas que tirariam a paciência de qualquer um e ainda assim Jesus transbordava de amor e domínio próprio.

É possível manter a calma, e a mansidão se atentarmos às palavras de Jesus, se seguirmos Seus passos, se pelo menos tentarmos agir como Ele agia.
Moisés foi considerado o homem mais manso sobre a terra. Mas no seu tempo essa qualidade não era admirada pelo povo, mas sim, causava piedade ou pior ainda, causava desprezo. E ainda hoje é assim. Os que são mansos e pacíficos são tachados de bobos, idiotas e são alvos de muitos que querem tirar vantagem dessa virtude.

A vida de Jesus aqui na Terra foi cheia de conflitos, perseguições. Jesus foi caluniado, injuriado. No entanto, Sua vida foi uma vida de paz. O próprio Jesus disse: “Aquele que Me enviou está comigo; o Pai não me tem deixado só, porque eu faço sempre o que Lhe agrada.” João 8:29.
A despeito de tudo o que Jesus sofreu nada perturbou a calma daquela perfeita comunhão que Ele tinha com o Pai.

Queridos, não se acomodem nos seus temperamentos (colérico, sanguíneo, fleumático ou melancólico). Não faça disso uma muleta para sua falta de paciência com os outros. Se você é cristão, se quer seguir a Cristo, precisa aprender a controlar seus impulsos, a sua falta de paciência, a sua falta de tolerância com o próximo. Se você diz que “agora não mais eu, mas Cristo vive em mim” seja um reflexo do Senhor Jesus. Eu tenho certeza que se você quiser e começar a tentar, o Senhor irá te honrar.

Shalom.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...