terça-feira, 14 de dezembro de 2010

BEM AVENTURADOS OS HUMILDES



"Bem aventurados os pobres (humildes) de espírito, pois que deles é o reino dos céus" (Mateus, 5:3)

O que Jesus quis dizer com pobres de espírito?

Os homens cultos e inteligentes, segundo o mundo, fazem geralmente tão elevada opinião de si mesmos e de sua própria superioridade, que consideram as coisas do reino de Deus como indignas de sua atenção. Estão preocupados somente com eles mesmos. A maior parte da mensagem do evangelho cai em ouvidos surdos de homens e mulheres arrogantes que não querem mesmo reconhecer a posição de Jesus como Senhor. Não só caem em ouvidos surdos, como em corações endurecidos. Geram reações tristes e sem propósitos.

Devemos estar atentos para não sermos vítimas do orgulho. A revista alemã "Focus" publicou uma reportagem sobre o tema "Eu, eu, eu". Ela tratava do culto ao eu – que aumenta cada vez mais em meio à nossa população – no qual cada um se considera cada vez mais importante. Cresce a sociedade que quer levar vantagem em tudo, que não recua diante de nenhum meio para alcançar seus objetivos. É indiferente se outros têm de sofrer com isso – o que importa é que se consiga o primeiro lugar. Um dos lemas em curso entre a juventude é: "Eu sou mais eu".

O Senhor conhece o nosso coração. Sabe das nossas intenções. Às vezes usamos a “capa da humildade”, mas estamos longe de sermos pobres de espírito. O orgulho, a falta de humildade em muitos traz sofrimentos. Sabemos que precisamos mudar, sabemos que precisamos retirar a semente ruim do nosso coração, mas não sabemos como fazer.

Acredito que algo que podemos pelo menos tentar fazer é ser como Jesus. Ele mesmo diz assim: "Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração" Mateus, 11:29.
A humildade é “um sentimento que leva a pessoa a reconhecer suas próprias limitações; modéstia; ausência de orgulho”.
(“Não façam nada por interesse pessoal ou por desejos tolos de receber elogios; mas sejam humildes e considerem os outros superiores a vocês mesmos”. Fp 2.3; veja: Pv 18.12).

O que você é quando está diante de Deus é o que você é de fato e é isso o que Deus consegue ver. Só seremos cheios do Espírito Santos quando conseguirmos nos esvaziar de nós mesmos. Se for o seu orgulho que você precisa jogar no lixo, faça isso ainda hoje. Humilhe-se diante de Deus e reconheça a suas falhas, suas limitações. Reconheça que precisa Dele. Que é totalmente dependente Dele. A sua felicidade vem do alto. Creia nisso!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...